Mikhail Aleksandrovitch Bakunin (30/05/1814 - 01/07/1876)

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin (30/05/1814 - 01/07/1876)
Um russo, louco, espontâneo, libertário, internacionalista, revolucionário... um anarquista!

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Artigo: Paródia da música Vida Loka do grupo Racionais MC.

Pessoal, vou tentar fazer uma paródia com a música Vida Loka, dos Racionais MC, o tema é sobre o Absolutismo Inglês e as Revoluções Puritana e Gloriosa. Consegui a música só tocada na net, então fica mais fácil. O que está difícil é encaixar a letra no tepo da música. Segue a letra da paródia logo a abaixo. Depois mostro o resultado.

HISTÓRIA LOKA


Rap História Loka – (Racionais M’C- Vida Loka)


Introdução
Muitos aí pagando pau para os nobres ingleses,
Casamento real de príncipes e princesas.
Mas ninguém fala qual a idéia que leva a monarquia, absolutismo e tal.
Muitos caras acreditavam que apenas um governo forte e firme solucionaria os problemas da sociedade; Thomas Hobbes, Jacques Bousset, tentaram justificar com a razão ou a fé o poder absoluto dos monarcas, disseram baboseiras como um tal de Leviatã ou até disseram que era a vontade de Deus. Que Deus Mané?! Sai dessa maluco. Ta cheio de Zé povinho parecendo piolho na cabeça da gente tentando enfiar merda. Veja só, nem todos os países da Europa caíram nessa de mão beijada. Itália e Alemanha só criaram um governo absolutista no século XIX, que doido... e na Inglaterra que até hoje tem lá, essa parada de monarquia.


1ª parte

Mas na Inglaterra foi diferente,
Magna Carta, século XIII,
Limita o poder da monarquia.
Também tem o Parlamento
Com clero, nobreza a alta burguesia.
Século XV as rosas sangraram,
Pela coroa os nobres se guerrearam.
Essa guerra devasta o reino
E o povo clama por um governo forte,
Caindo em desespero.
Então, eis que chega a dinastia Tudor.
Seu objetivo: poder absoluto.
O rei Henrique VIII rompe
Com o catolicismo
E se torna Chefe Supremo do Anglicanismo.
Sua filha e sucessora, Elizabeth I
Segue os passos do pai
Buscando mais controle,
Buscando mais riqueza.
Aumenta sua frota naval:
Mais poder militar,
Mais poder comercial.
Elizabeth intervém na economia inglesa,
Estimula o comércio,
Aumenta a avareza.
Mas a base de seu poderio
Está no comércio marítimo
Que também favorece sua burguesia
E incentiva assaltos a navios
Dos mares da América Latina.

Mas seu reinado não foi apenas guerra,
Teve muita cultura em meio a tanta merda.
Shakespeare: “ser ou não ser”
Ditatorial, implacável ou ilegal.
Com a morte de Elizabeth
Começa outro capitulo na história da monarquia Inglesa... é isso aí, segue então...





2ª parte

E eu sigo minha rima
Falando da Inglaterra e sua monarquia
Família Stuart, outra Dinastia.
Esses caras pegaram uma zica!
Está nascendo outra burguesia,
Calvinista por sinal,
E quer os benefícios
Da burguesia anglicana.
A situação era desigual.

Tem mais os camponeses
Perdendo as terras para o Cercamento.
Passando fome, gerando violência,
Aumentando seus lamentos.
Carlos I vem na paranóia
Criou mais impostos,
Rompeu com o Parlamento.
Era a deixa para a Revolução.
Agora os puritanos mandam na situação
E Carlos I foi para o inferno
Depois de sua execução.

Mas tudo que é falso
Um dia cai por terra.
Depois de sete anos
Volta a mesma merda.
Morre Cromwell.
E volta a monarquia.
E Jaime II, católico fervoroso
Tenta estabelecer sua Igreja de novo.
Mas é deposto
Pela burguesia protestante
Que, na Revolução Gloriosa,
Coloca no trono seu representante,
Que não apita nada.
Entrega todo o poder para o Parlamento,
Assim, de mão beijada.
E ainda hoje lá na Inglaterra
A monarquia reina,
Mas não governa!...
História loka.



Nenhum comentário:

Postar um comentário